sábado, setembro 02, 2006

"The Quiet One"

Em 1943, nasceu o mais novo dos Beatles, George Harrison. Ele participou do grupo "The Rebels" e tocou guitarra no Speke British Legion Club em Liverpool, a partir de 1956. Em 57, George entra na banda The Quarrymen, fundada por John Lennon. Tinha conhecido o Paul e a banda um ano antes. George e Paul se conheceram no ônibus escolar. Os dois pegavam o mesmo ônibus e George morava uma parada na frente de Paul. Os dois sentavam no mesmo banco. A banda Quarrymen passa a se chamar Johnny and the Moondogs em 58 e em 1960 passa por muitos outros nomes: Nurk Twins, Silver Beetles, Long John and the Silver Beatles e The Silver Beatles. Até que, finalmente, em 61 a banda passa a se chamar The Beatles. Voltando ao assunto... No começo ele não se preocupava em aparecer, queria mais era se aperfeiçoar. Tímido, o seu talento sempre foi abafado pela dupla, Lennon e McCartney. Muitas músicas dele foram barradas por serem "inferiores". Mas em agosto de 1966 foi lançado o álbum Revolver, com três músicas suas, a mais famosa, Taxman; que fala como tudo no mundo é cobrado, pelo tal "taxman". Começou a contribuir com uma ou duas musicas em cada disco. A música "Something", foi considerada por Frank Sinatra; a melhor música Lennon/McCartney, mesmo errando compositor, valeu a intenção! Em outubro, George e sua mulher, Pattie Boyd, visitam a Índia. Lá, nosso querido George aprende a tocar a citara. Depois de ser lançado o Sargent Peppers (67), os Beatles viajam a Índia para estudar Meditação Transcendental com o Maharishi Mahesh Yogi. Em 70 sai o documentário, Let It Be, aonde mostra os Beatles em "ação". Uma cena não muito agradável para os fãs.

O filme é tenso. Várias cenas de brigas entre os fab four. Uma que marcou (pra mim), é o Paul e o George discutindo. O Paul tenta falar para o George que ele estava tocando errado, o George parece ser extremamente ofendido e fala coisas como: "Desculpas, você está sempre certo. Eu faço tudo que você pede. É só falar que eu faço!". Mas o clima de tensão vai melhorando no final. John e Yoko dançam uma valsa enquanto George toca a sua bela canção, "I Me Mine". Logo eles sobem no telhado dos estúdios Abbey Road para dar um "show". A empolgação não dura muito pois as autoridades começam a entrar no prédio. A guitarra do George é desligada no meio da música e ele briga para conseguir ligá-la novamente. Enquanto isso Paul faz um improviso na música "Get Back" xingando as autoridades. Ele queria ser preso mesmo, diz que seria um ótimo final para o filme. Em abril, foi anunciado o fim dos Beatles. "O sonho acabou." A carreira solo do George é intensa. Lança uma das musicas mais famosas dele "My Sweet Lord" que foi condenada por plágio, uma cópia de "She's So Fine". Teve que pagar US$ 10 milhões para a sua antiga gravadora, pois uma hepatite deixou ele incapaz de gravar e teve que quebrar o contrato. As biografias revelaram o lado mulherengo de Harrison e, por isso, ele se divorcia da Patti em 77. Mesmo assim sua carreira continua subindo; o disco "Cloud Nine" vende mais de 1 milhão de cópias nos EUA e ganha o disco de platina. Em 1999, George foi esfaqueado por um intruso na casa dele.
Em 29 de novembro de 2001, Los Angeles as 13:30, George Harrison morre de câncer. Ele tinha 58 anos de idade. Sua esposa, Olivia Harrison, e seu filho, Dhani Harrison, estavam com ele no momento de sua morte. Paul diz para a imprença "I am devastated and very very sad. We knew he'd been ill for a long time. He was a lovely guy and a very brave man and had a wonderful sense of humour. He is really just my baby brother."

"Thank-you George, it was grand knowing you." Yoko Ono

6 comentários:

Marco Aurélio disse...

Viva o george o/

O desenho ficou muito bem feito.
Bem massa mesmo ;)

carlos disse...

entre as minhas preferidas dos beatles a maioria é do george

massa o post ;D

põe aquele celebrety deathmatch deles asiduhaisdhaiush

Sujeito da camisa listrada disse...

Não foi esse guru hindu que só queria aparecer em função dos Beatles e tentou transar com umas das mulhres que estava junto na excursão?
Sem o toque experimental e suave de George, eles não seriam mesmos. Here comes the sun é ótima.

Até

cyberdingo disse...

George é o meu Beatle preferido e é o compositor da melhor musica dos Beatles.... "While My Guitar Gently Whips".

Mas faltou contar que ele pegou a mulher na cama com o Eric Clapton, e que ele regravou Ana Julia, copiando o Solo igualzinho....

Sujeito da camisa listrada disse...

Não. Eu não acho nada de estranho em um homem querer transar com uma mulher. Só acho um tanto paradoxal que, como no caso, seja um homem que pregue a abstinência sexual.
E pelo que sei a Sexy Sadie tem a ver com esse guru e com essa mulher.

Mas você sabe como esse povo fala e aumenta as histórias, principalmente as das estrelas do rock, então: deixe estar.

Até

Um Cara Etranho disse...

olha meu blog novo ;)